MONITORAMENTO ESPAÇO-TEMPORAL DA CONCENTRAÇÃO DE SARS-COV-2 NOS ESGOTOS SANITÁRIOS DA RMRJ

12/07 – Evolução espaço-temporal (média móvel de 14 dias) da concentração de SARS-CoV-2 nos 21 pontos de monitoramento do Estudo Monitora Corona.

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Comentários
Resultado da evolução das médias móveis de 14 dias das concentrações virais incluindo os 11 novos pontos de monitoramento: EE Jacarepaguá, EE Marapendi, EE Recreio, EE Bica, EE Paranapuã, EE Fundão, EE Parque Tecnológico, EE Caiçaras, EE São Conrado, EE Saturnino de Brito e ETE Paquetá. Linhas com as mesmas cores indicam que os pontos fazem parte do mesmo sistema de esgotamento. À exceção da EE Marapendi, que apresentou leve crescimento e a maior média de 14 dias já registrada para o ponto, com 139,26 número de cópias/mL, todos os demais pontos de monitoramento registraram tendência de arrefecimento das concentrações virais, corroborando o padrão observado para os 10 pontos incialmente monitorados.

Obs¹. Para mais informações e dados tabulados, consultar os relatórios mensais de acompanhamento do projeto.
Obs². Desde 03/05/2021, novos pontos de monitoramento foram incluídos na malha amostral do Estudo Monitora Corona, que agora conta com 21 pontos de monitoramento distribuídos na RMRJ. Mais informações podem ser obtidas no relatório Junho/2021.




MONITORAMENTO ESPAÇO-TEMPORAL DA CONCENTRAÇÃO DE SARS-COV-2 NOS ESGOTOS SANITÁRIOS DA RMRJ

Quadros Síntese